Você sabe o que está bebendo? Seu produto pode ser falsificado!

Você já consumiu ou teve algum produto falsificado?

Ao redor do mundo todo, a taxa de comercialização de produtos pirateados cresce a cada ano. No Brasil, esse número chegou a um total de R$ 291,4 bilhões perdidos em 2019 para o mercado ilegal, segundo o FNCP (Fórum Nacional Contra Pirataria e Ilegalidade). Vinhos, uísques, velas de motor, pastilhas de freio, camisas de marcas cobiçadas… Qual o elemento de risco que envolve todos estes produtos? A falsificação, que está cada vez mais profissional!

Você sabe o que está bebendo?

Recentemente, a USA Today relatou um crescimento de 54% de vendas de produtos alcóolicos desde o início da pandemia de Covid-19. No Brasil, o sentimento de incerteza e ansiedade se tornou parte do cotidiano no isolamento social e, como escape 24% dos brasileiros aumentaram drasticamente seu consumo de álcool, segundo a Unicamp.

Além do maior consumo alcóolico, pudemos vivenciar uma outra mudança de comportamento ao longo da pandemia: compras online! Segundo a Mastercard, 46% dos brasileiros fizeram mais compras por meio da internet nesse período, estimando um faturamento de cerca de R$ 27,3 bilhões do e-commerce nacional entre Fevereiro e Maio de 2020 (Fonte: Compre&Confie).

Diante disso, será que existe uma relação entre o aumento de consumo alcóolico com o crescimento do e-commerce durante a pandemia? A resposta é sim!

O isolamento social impulsionou um aumento da venda online de setores que eram ainda pouco explorados virtualmente: produtos essenciais como alimentos, bebidas e medicamentos. Um artigo da Forbes observou um aumento de cerca de 80% na venda online de produtos alcóolicos. Maior consumo de comércio eletrônico, mais chances de falsificação!

Alcóolicos Falsificados

Em alguns seguimentos, como o de vinhos, o volume de produtos falsificados no mundo chega a escandalosos 20%. Em 2019, o Brasil marcou presença pela primeira vez no ranking de valores perdidos com a comercialização de alcóolicos ilegais, com um total de R$ 17,6 bilhões, segundo o Euromonitor International. Porém, não estamos falando apenas de um problema financeiro ou de desvalorização de marca, mas de uma questão de saúde e de risco de vida para seu cliente.

Por serem mais baratas de serem produzidas, o comércio dessas bebidas ilegais chama atenção de diversos produtores e comerciantes pelo mundo. Para imitar os componentes alcóolicos, é necessário a mistura de alguns produtos químicos, que juntos, podem ser letais para nós, seres humanos. O mais comum é o ácido de bateria (ou metanol), utilizado para remeter à propriedade anticongelante do álcool.

Infelizmente esse problema não é recente, muitas mortes já foram contabilizadas ao redor do mundo relacionado ao consumo de alcóolicos falsificados. O governo do México inclusive já chegou a pedir para que os consumidores quebrassem suas garrafas desse tipo de bebida após o uso, para evitar a reutilização pelo mercado ilegal.

Segundo a SafeProof, nenhuma marca ainda está imune à falsificação e os produtos ilegais estão com a aparência cada vez mais similar aos originais. Entre os falsificadores, existem dois métodos: a reutilização de embalagens originais com rótulos semelhantes ou a produção ilegal completa de embalagens e rótulos replicados.

E se existisse uma solução que garantisse segurança tanto ao fabricante, quanto ao consumidor?

Imagine uma tecnologia de via de mão dupla, que permita que consumidores e lojistas testem a autenticidade do seu produto com um simples smartphone, ao mesmo tempo que te possibilita inúmeras ferramentas de controle, marketing e conhecimento de público-alvo. Foi pensando na segurança do seu cliente e da sua empresa que a CCL desenvolveu uma etiqueta inteligente com acabamentos diferenciados, que agrega valor ao produto e dificulta a vida dos falsificadores.

Com o CCLiD é possível ir muito além da segurança física, você pode oferecer um convite à interação com sua marca com inúmeras possibilidades de engajamento e conteúdos através da leitura digital do rótulo. Além disso, é possível customizar a experiência completa de acordo com a personalidade da sua marca, seu produto deixa de ser apenas um bem de consumo e se torna um convite para um relacionamento!

Você deve estar se perguntando: Mas é possível reproduzir essa etiqueta? Não! Graças à uma identidade única encriptada, ela se autodestrói em tentativas de rompimento da senha.

Resolver o problema da falsificação não é difícil. Nós te ajudamos com isso! Envie uma mensagem para: falecom@checkpt.net 

Leave a Comment

Abrir Chat
Precisa de ajuda?
Olá!
Como poderiamos te ajudar?